Considero que as “Circulares aos Irmãos da Sagrada Família” que nosso Fundador enviava todos os anos, são a melhor produção literária do Irmão Gabriel: sua alma, seus impulsos apostólicos, seus desejos mais urgentes pelo bem da Congregação e de seus Irmãos aparecem nelas com clareza e força comoventes. Recolhi uma série de frases, algumas bem conhecidas entre nós, para acompanhar a nossa reflexão e oração pedindo a sua beatificação neste mês de julho de 2021. Alguns dos “trechos” são um pouco longos. Dependendo do contexto, se fossem entrecortados, talvez não mostrariam toda a sua beleza. Espero que os textos escolhidos sejam para vocês, um momento de serena meditação durante este período de verão na Europa (e de inverno para o hemisfério sul) (Ir. Delio).

Dia 16 – 1º dia da novena:

Queridos Irmãos, que cada um ponha em prática os meios de que dispõe e viva cuidadosamente os dois lemas do bom religioso da Sagrada Família: estado de graça, humildade e oração. Deus, minha regra e meu Superior. Desta forma, vós podereis passar este ano de forma santa e retornar com alegria a vossa querida casa, cheios de méritos e boas obras para renovar vossas forças.

Oração para cada dia:
Deus, nosso Pai, que suscitastes o Venerável Irmão Gabriel Taborin na Igreja
para promover a educação cristã, a catequese e a animação litúrgica.
Concedei-nos que, compartilhando seu carisma,
saibamos cumprir nossa missão hoje para o bem da família e da sociedade
com o poder do vosso Espírito.
E, se for da vossa vontade, fazei que o Ir. Gabriel
seja inscrito no número dos santos, concedendo-nos por sua intercessão a graça que necessitamos…
(mencionar os nomes das pessoas pelas quais se deseja rezar)
Isso pedimos insistentemente pelos méritos de nosso Senhor Jesus Cristo. Amém.

Dia 17 – 2º dia da novena:

Mas por acaso vós podeis dizer: nossa profissão não tem nenhum atrativo segundo o mundo; dela não podemos esperar fortuna ou alcançar qualquer fama. Cabe-nos passar a vida inteira em trabalho monótono, ser frequentemente objeto de crítica e ingratidão, ao invés de agradecimento, estar sempre sujeitos à obediência, não ter nada de próprio, morrer para os próprios gostos e vontade pessoal, viver no mundo sem participar de suas alegrias e, por fim, esgotar-se em sacrifícios e trabalhos, apenas levados em consideração por quem deles se beneficia. Tudo isso é verdade, mas nos encoraja a pensar que Deus quer que trabalhemos. Seu divino Filho e os santos nos dão um exemplo disso.

Oração para cada dia:

Dia 18 – 3º dia da novena:

Vós deveis estar persuadidos, queridos Irmãos, de que o religioso mais feliz é aquele que só possui a graça e a amizade de Deus. Do resto, a Providência divina, a vossa Congregação e as pessoas boas cuidarão do que precisais e nunca faltará o que for necessário. O mundo leva aqueles que são animados por seu espírito a amar e valorizar as coisas terrenas, como o ouro, a prata e a pompa… mas o que são todos esses falsos bens! Para julgar seu valor com precisão, basta aproximar-se do leito de morte de um homem rico.

Oração para cada dia:

Dia 19 – 4º dia da novena:

Toda a vida do religioso é uma oração contínua, quando todos os movimentos do seu coração estão orientados para Deus e, quando a sua vontade, pura e justa, só trabalha para ele. Unidos ao Senhor, acumulai méritos incessantemente; assim atraireis sobre vós mesmos, sobre os povos e governantes, os favores do céu. Convido-vos, queridos Irmãos, a exercerdes juntos este piedoso apostolado. Quanto pode a oração do justo diante de Deus! Com ela é possível evitar males enormes, fazer coisas importantes, mover Deus a ser misericordioso, abrir o tesouro das graças e a porta do céu.

Oração para cada dia:

 Dia 20 – 5º dia da novena:

Se é verdade, queridos Irmãos, que «onde tiverdes o vosso tesouro, aí tendes o coração» (Mt 6,21), o coração de um cristão, e sobretudo de um religioso da Sagrada Família, deveria estar frequentemente, ou melhor, sempre, sob o humilde teto de Nazaré, no meio desta augusta Família que reúne em si todas as virtudes divinas e humanas.

Oração para cada dia:

Dia 21 – 6º dia da novena:

Sim, queridos Irmãos, a nossa Comunidade é o vosso tesouro, não o percais por irregularidades ou infidelidades… Pelo contrário, deveis conservar esse tesouro com muito cuidado. Deus vos impõe esse dever. E vós podeis manter vossa Comunidade, queridos Irmãos, com vossas orações, vossas sagradas comunhões, vossa boa conduta, com a fama de vossas virtudes e o ensino que vós dais aos jovens, bem como encontrando candidatos para Irmãos de acordo com o coração de Deus. Vós também deveis mantê-lo com o resultado de vossos trabalhos piedosos, dos quais vós não vos deveis apropriar como se fossem vossos, nem desperdiçá-los em coisas inúteis. Este é um dos compromissos sagrados que vós assumis ao fazer a profissão aos pés do altar… Vede, queridos Irmãos, como poder conservar e aumentar o tesouro que recebestes por herança. Apreciai-o como vossa própria vida, porque um dia ele vos levará a obter os tesouros do céu.

Oração para cada dia:

Dia 22 – 7º dia da novena:

Queridos Irmãos, nos agrada lembrar-vos que, desde a mais tenra infância, Deus nos deu a graça de apreciar muito o canto divino e as cerimônias da Igreja. A música sacra produziu em nós, com frequência, o mesmo efeito que em Santo Agostinho: quando a ouvia na catedral de Milão, ele desatava a chorar e sua alma se elevava a Deus. Queridos Irmãos, recomendo-vos que melhoreis cada dia mais no canto. Ensinai aos jovens para que possam cantar louvores a Deus desde a tribuna, edificar os fiéis e atraí-los para os serviços divinos nas paróquias onde trabalhais.

Oração para cada dia:

Dia 23 – 8º dia da novena:

O Senhor vos chama através de nós para o retiro, queridos Irmãos. Vinde, então, com diligência religiosa. Vinde com fé e totalmente despreocupados com as coisas deste mundo, para não cuidar de outra coisa senão das que visam a vossa salvação, que em outras ocasiões tantos santos procuravam na solidão. Vinde meditar na grandeza de Deus, ajoelhar-vos a seus pés e lamentar vossas faltas. Dizei como Santo Agostinho: “Meu Deus, que te conheça para que te ame; o conhecimento da tua grandeza vai despertar, animar e inflamar todos os meus sentimentos”. São Vicente de Paulo dizia que um retiro bem feito é uma renovação total. Aquele que o faz corretamente, passa para um novo estado; Ele não é mais quem era antes, ele é outro homem.

Oração para cada dia:

Dia 24 – 9º dia da novena:

Consideramos a capela da Casa Mãe como a pedra angular, sem a qual o edifício da nossa Associação desabaria. Efetivamente, queridos Irmãos, neste lugar abençoado reside noite e dia Jesus Cristo, Senhor soberano do céu e da terra e que nos fortalece com os sacramentos da Penitência e da Eucaristia. A ele dirigimos aqui as nossas humildes orações e pedimos-lhe frequentemente que abençoe e proteja a nossa Associação, que a preserve das mãos dos seus inimigos e nos conceda as graças e as luzes de que necessitamos… Impelido espontaneamente por seu coração generoso de Bispo e de pai, Mons. Chalandon contribuiu para o esplendor de nossa capela não menos do que o venerável Cura de Ars.

 

Oração para cada dia:

Deus, nosso Pai, que suscitastes o Venerável Irmão Gabriel Taborin na Igreja para promover a educação cristã, a catequese e a animação litúrgica. Concedei-nos que, compartilhando seu carisma, saibamos cumprir nossa missão hoje para o bem da família e da sociedade com o poder do vosso Espírito.

E, se for da vossa vontade, fazei que o Ir. Gabriel seja inscrito no número dos santos, concedendo-nos por sua intercessão a graça que necessitamos…

(mencionar os nomes das pessoas pelas quais se deseja rezar)

Isso pedimos insistentemente pelos méritos de nosso Senhor Jesus Cristo. Amém.