Não é cristão esperar que os irmãos inquietos batam às nossas portas; somos nós que devemos ir ter com eles, não lhes levando a nós mesmos, mas Jesus. Ele manda-nos, como aqueles discípulos, para encorajar e levantar em seu nome. Manda-nos dizer a cada um: «Deus pede para te deixares amar por Ele». Quantas vezes, em vez desta mensagem libertadora de salvação, nos levamos a nós mesmos, as nossas «receitas», as nossas «etiquetas» na Igreja! Quantas vezes, em vez de fazer nossas as palavras do Senhor, despachamos como palavra d’Ele as nossas ideias! Quantas vezes as pessoas sentem mais o peso das nossas instituições que a presença amiga de Jesus! Então aparecemos como uma ONG, uma organização parestatal, e não como a comunidade dos redimidos que vivem a alegria do Senhor. (Homilia na conclusão da XV Assembleia Geral do Sínodo dos bispos)

Oramos com o Ir.  Gabriel

Deus nosso Pai, tu fizeste o Ir. Gabriel Taborin sentir

uma intensa compaixão ante as carências da humanidade e

da cultura de sua época, sobretudo nas crianças e nos jovens, e

por meio de teu Espírito, lhe deste um carisma educativo para construir o homem, em sua dimensão social, religiosa e social, segundo o Evangelho;

dá-nos a força de continuar hoje sua ação, com a ajuda de Maria e de José, educadores de Jesus, teu Filho, que em Nazaré crescia em idade, em sabedoria e em graça.

Nós te pedimos, Pai, a Beatificação do Venerável Ir. Gabriel Taborin, e,

por sua intercessão, as graças que solicitamos. (……)

Por Jesus Cristo, nosso Senhor. Amém.