Quando uma pessoa que ama pode fazer algo de bom pelo outro, ou quando vê que a vida está a correr bem ao outro, vive isso com alegria e, assim, dá glória a Deus, porque «Deus ama quem dá com alegria» (2Cor 9, 7), nosso Senhor aprecia de modo especial quem se alegra com a felicidade do outro. Se não alimentamos a nossa capacidade de rejubilar como bem do outro, concentrando-nos sobretudo nas nossas próprias necessidades, condenamo-nos a viver com pouca alegria, porque – como disse Jesus – «a felicidade está mais em dar do que em receber» (At 20, 35).

 

Oração ao Venerável
Irmão Gabriel Taborin

Ó Senhor,
que cumulastes o coração do Irmão Gabriel Taborin,
de fé viva e zelo ardente,
para educar cristãmente a juventude e ajudar aos sacerdotes.
Fazei que seguindo o seu exemplo,
procuremos sempre a vossa glória.
E, se tal é o vosso beneplácito,
glorificai a vosso servo,
Concedendo-nos pela sua intercessão, a graça que solicitamos: (…).

Nós vos pedimos esta graça
pelo mérito de Nosso Senhor Jesus Cristo, Amém.