Nosso Lema

Barcelone et Sagrada Familia (65)Nosso Lema

O lema ou divisa do Instituto dos Irmãos da Sagrada Família IN ORATINE, LABORE et CHARITATE * PAX não se remonta ao Fundador, Irmão Gabriel Taborin. Este havia propostas e explicitadas (Cf. Novo Guia n. 22 – 29)outras duas divisas aos Irmãos: “Deus, Regra Superior” e “Estado de graça, humildade e oração”.

Primeira versão

 O primeiro testemunho encontrado sobre nosso lema está no n° 12 da revista oficial do Instituto l’Entretien Familial (1930) p. 69. Trata-se de um artigo que leva como título “A Nazareth, on priait, on travaillait et l’ons s’aimait” (que podemos traduzir por “Em Nazaré se orava, se trabalhava e se amava”, tendo em conta o aspecto prevalentemente de reciprocidade que leva consigo a expressão francesa “Pon s’aimait”.

Esse artigo recolhe uma experiência espiritual forte, vivida na casa Mãe de Belley quando o Irmão Amadeo Depernex, sucessor do Ir. Gabriel, recolheu, dos lábios de um pregador, o que chegou a ser para os Irmãos “expressão de seu ideal”.

Cada uma das três partes do lema foi objeto de um artigo nos números sucessivos da revista, indispensável para captar seu verdadeiro significado. Essa experiência deveu produzir-se antes de 1882, porque na Regra redigida pelo Ir. Amadeo e proposta à aprovação do Capítulo Geral desse ano figura já, no art. 125, essa mesma expressão para propor a Sagrada Família como modelo de cada comunidade dos Irmãos. Esse artigo foi depois incluído também na redação da Regra de 1929 e 1936, aprovada pela Sé Apostólica. O Ir. Amadeo escreveu, além disso, no 29 de fevereiro de 1896, uma circular aos Irmãos com uma meditação contemplativa e asdiversas referências bíblicas sobre os termos empregados no lema.

Sua inclusão no quadro oficial

O outro momento histórico importante é a associação do lema ao quadro oficial do Instituto, em 1935. Encontramos também a documentação na revista do Instituto no n° 22 (dezembro de 1935). Num artigo que apresenta e explicita o quadro oficial do Instituto, se diz textualmente: “A comissão instituída para redigir o Diretório foi de parecer que nosso quadro oficial da Sagrada Família devia representar da melhor forma possível a divisa: Em Nazaré se orava, se trabalhava e se amava”. Faltava, sem dúvida, encontrar nas produções artísticas ou nas imagens religiosas, uma obra que respondesse a esse desejo. A continuação do artigo detalha amplamente como o quadro, que representa a Sagrada Família trabalhando, mas na presença do Deus Trindade e em atitude de recíproca atenção, explicita artisticamente o mesmo que diz o lema.

Versão definitiva

Na realidade se realizou então, além de uma transformação do lema, ao passar da expressão verbal Em Nazaré, se orava, se trabalhava e se amava, certamente mais dinâmica, a nominal latina IN ORATIONE, LABORE et CHARITATE (Na oração, no trabalho e na caridade) e a supressão da menção explícita de “Nazaré”. E foi então também, segundo testemunho dos Irmãos que viviam em Villa Brea, quando se acrescentou a palavra PAX (paz) precedida de uma estrela ou asterisco, por sugestão do Pe. Navone S.J., capelão da comunidade. Esta transformação dava uma espécie de finalidade ou culminação à expressão que, sem a menção explícita de Nazaré, ficava de alguma forma incompleta, mas lhe incutia o dinamismo da inspiração original.

Outro marco na história de nosso lema é a sua inclusão no brasão do Instituto, realizado pelo desejo do Capítulo Geral de 1947.

Interpretação oficial

Como se sabe, o lema do Instituto representa uma referência muito importante na formulação de sua espiritualidade. Daí sua inclusão e interpretação, no art. 12 das Constituições (“Do mesmo modo que o Verbo Encarnado levou a cabo a união familiar perfeita no mistério de Nazaré, da mesma forma a Palavra Divina abrirá os Irmãos à plenitude da paz por meio do amor, da oração e do trabalho para construir permanentemente sua comunidade”) e também no fato de que ressoe no cap. III das mesmas, como também no cap. II do plano de vida das Fraternidades Nazarenas, onde se recuperou a versão original: “Em Nazaré se orava, se trabalhava e se amava”.

 Ir. Teodoro Berzal

 

Frères de la Sainte-Famille de Belley - Institut Religieux Catholique de Droit Pontifical - Casa di Procura Generalizia.
Privacy Policy
Email : info@fsfbelley.net