Por ocasião do 130º aniversário da chegada dos Irmãos da Sagrada Família ao Uruguai e da fundação do Colégio Sagrada Família em Aguada (Montevidéu), foi realizado na sexta-feira, 4 de outubro, nessa escola, o II Congresso de Educadores Sa-Fa.

Participaram 360 educadores Sa-Fa das 6 escolas do Uruguai.

O Congresso começou com um momento de oração e terminou com a Missa de Ação de Graças presidida por Mons. Pablo Jourdan (Bispo Auxiliar de Montevidéu e ex-aluno).

Após o momento de oração, o cardeal Monsenhor Daniel Sturla (ex-aluno) e o provincial Ir. Néstor Achigar tomaram a palavra para refletir sobre “A presença dos irmãos na Igreja e na cultura uruguaia”.

A seguir, foram feitas as apresentações plenárias do Prof. Yanelín Brando: “Uma história para a nação católica. O Ensaio da História da Pátria de DH”, de Mag. Ariel Fripp “Contribuições de Pedro Martín no ensino de Matemática” e Lic. Sebastián Huelmo “Museu Irmão Mario”. Em 6 salas simultâneas, foram oferecidos os 56 projetos inovadores apresentados por professores de todas as escolas Sa-Fa.

Ao longo do congresso houve espaços para participar de diferentes expressões artísticas e científicas, como a visita ao Museu e a intervenção do escultor D. Santiago Dieste, a abertura no espaço do ensino inicial de um vitral coletivo para celebrações com crianças e a feira de ciências, entre outros.